Por que estudar aves?

Essa é a pergunta que dá nome ao primeiro capítulo do livro Handbook of Bird Biology, do Laboratório de Ornitologia da Universidade de Cornell, que começamos a estudar recentemente. Muitas pessoas que estudam aves possivelmente já a fizeram para si (nosso caso, rs) ou alguém realizou essa árdua tarefa por elas. O fato é que há uma grande variedade nas possíveis respostas, mas gostaríamos de compartilhar um trecho do capítulo que apresenta uma reflexão magnífica e interessante:

Coisas naturais, selvagens e livres

Hoje é um dia de celebrar e principalmente refletir. Entre muitos autores, Aldo Leopold tem nos ajudado a pensar que tipo de relação precisamos ter com natureza. Parafraseando o autor do prefácio da edição brasileira, Curt Meine, o livro de Aldo nos convida a comemorar o presente, para nos deleitarmos com as "coisas naturais, selvagens … Continue lendo Coisas naturais, selvagens e livres

Como seu telefone pode ajudar na observação de aves

Atualmente temos acesso a um universo de possibilidades para auxiliar as atividades de pesquisa científica, principalmente no que refere a tecnologia digital ao alcance mão. Nossos telefones inteligentes (conhecidos por smartphones) possibilitam a utilização de aplicativos para registrar lista de espécies, prever como será o tempo, fotografar, gravar áudio e vídeo, tomar notas, acessar informações sobre os bichos e se localizar espacialmente. Vamos compartilhar o que mais frequentemente usamos em nosso projeto.

Ouça aves de todo o mundo sem sair de casa

Sabemos que as aves são seres que observamos em muitos dos ambientes que vivemos, mas infelizmente muitas vezes não é possível observá-las e só ouvimos seu canto. A boa notícia é que através do canto também é possível identificar as espécies e para isso podemos contar com a internet, a tecnologia digital e a ciência cidadã. A ferramenta que usamos por aqui é o Xeno-Canto.